NOME NOME

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Moraes Moreira morre aos 72 anos, no Rio



Causa da morte ainda não é conhecida. Cantor e compositor começou a tocar sanfona com 12 anos, fez parte dos Novos Baianos e lançou mais de 60 discos.
Moraes Moreira foi homenageado no programa Som Brasil em 2009 — Foto: TV Globo / Zé Paulo Cardeal
O cantor e compositor Moraes Moreira morreu na madrugada desta segunda-feira (13) aos 72 anos no Rio de Janeiro. A causa da morte ainda não é conhecida.
“A gente não sabe direito o que ocorreu. Nem eu, nem as irmãs sabemos”, disse Eduardo Moraes, irmão do cantor.
O corpo de Moraes Moreira foi encontrado nesta manhã no apartamento em que ele morava. O artista vivia sozinho, segundo o irmão.
Antonio Carlos Moreira Pires nasceu em Ituaçu, no interior da Bahia,, em 8 de julho de 1947.
Natural de Ituaçu, Moraes Moreira começou tocando sanfona de doze baixos em festas de São João e outros eventos na cidade. Na adolescência aprendeu a tocar violão, enquanto fazia curso de ciências em Caculé, na região sudoeste da Bahia, em 1967.
Mudou-se para Salvador, em seguida, onde conheceu Tom Zé, e também entrou em contato com o rock n’ roll. Mais tarde, ao conhecer Baby Consuelo, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão, formou o conjunto Novos Baianos, onde ficou de 1969 até 1975.
Em 1975, saiu em carreira solo. No total, ele já lançou mais de 60 discos entre a carreira solo, Novos Baianos, Trio Elétrico Dodô e Osmar, além da parceria com o guitarrista Pepeu Gomes.
Moraes Moreira interpreta o Visconde de Sabugosa no especial 'Pirlimpimpim', exibido originalmente pela Globo em 1982 — Foto: Acervo TV Globo
Moraes Moreira se apresentou no Rio Vermelho — Foto: Camile Barreto/Saltur
G1

comentário(s) pelo facebook:

0 Deixe seu comentário:

Postar um comentário

Os comentarios aqui publicados não expressam a opinião do blog

 
Se inscreva no canal TV Passando na Hora no Youtube.
Inscreva-se